Repara Bem No Que Não Digo

Nunca faço nem metade. Nem hoje, nem amanhã. Escrevo meias-verdades ou meias-mentiras mas também só escrevo meia folha, cheia de Opinião e completamente acrítica. A verdade é que a opinião é uma página vazia que todos temos e que ninguém lê. O pouco de Cultura que mostro é inútil e desinteressante, acreditem, não fosse a cultura apenas um pedaço da caneta. Já o Humor, esse sim, é tinta preta a correr para espelhar a nossa solidão. E o Desporto, que mostra o quão primitivos somos e é braço armado de esferográfica, transmite a minha pouca cultura e humor em meias-folhas de opinião. Mas, sendo eu um académico ainda por formar e um literal amante de Coimbra, sinto-me obrigado a escrever pela Universidade e pela vida errante das minhas memórias. Nunca faço nem metade. Gastava meia-caneta se escrevesse à mão, assim gasto meia-hora onde abro as ideias e tento meter Opinião, Crónica e Poesia em meia-página. E mais ainda! Para quem tenta ler, “repara bem no que não digo”.

 

A frase que dá o título a este blogue é da autoria do poeta brasileiro Leminsky, e só significa que eu não digo coisa nenhuma de jeito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: